< voltar

Notícias do Mercado

Governo usará tecnologia Adobe para validação de assinaturas digitais


08/04/2016 - Fonte: Computer World

A Adobe e o Governo Federal, por meio do ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação), firmaram um acordo de cooperação que promete automatizar o processo para a validação de assinaturas digitais em documentos PDF.

Segundo a fabricante de TI, pelo acerto firmado, 100% das certificadoras que integram o repositório da Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz) da Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) passam a fazer parte de uma lista de confiança (AATL, em inglês), que permite que milhões de usuários criem assinaturas digitais confiáveis sempre que o documento assinado é aberto no Reader ou Acrobat.

“É um caminho natural a ser trilhado pelas empresas, profissionais autônomos ou mesmo pessoas físicas e isso passa pela circulação de documentos com assinaturas digitais”, pontua Fabio Sambugaro, vice-presidente da Adobe Systems Brasil.

O acordo deve desburocratizar o processo para a validação de uma assinatura digital. Antes, por conta de a ICP-Brasil não pertencer à AATL, o usuário necessitava de frequente suporte da autarquia federal para instalar as cadeias referentes à Autoridade Certificadora que emitiu o certificado, além de atualizações de segurança.

Renato Martini, diretor-presidente do ITI, acredita que a incorporação das raízes da ICP-Brasil nos softwares da fabricante trará mais comodidade para os usuários da certificação digital. “O PDF é um formato extremamente popular, por isso facilitar a verificação das assinaturas digitais nesse tipo de arquivo é um grande avanço”, sintetiza.